Acordeon ou Sanfona

Além de um excelente cirurgião, Doutor Carlos Lacerda é também um habilidoso acordeonista. Aqui ele explica a diferença entre sanfona e acordeon.

Acordeon, sanfona e gaita são maneiras de designar o mesmo instrumento musical, o nome correto em português é Acordeão. Ou seja, não há diferença. A distinção no Brasil depende da região, confira seguir como o instrumento é chamado no país. Acordeon deve ser a maneira mais conhecida, sendo em inglês “accordion” e na Itália, país famosos pela fabricação das melhores sanfonas, chamado de fisarmônica.

Confira abaixo alguns dos nomes mais dados para o acordeon:

 

  • Gaita para os gaúchos (não confundir com a gaita de boca que corresponde a harmônica);
  • Sanfona no Nordeste e interior de São Paulo;
  • Acordeon para os demais;
  • Concertina é diferente, correspondendo ao acordeão cromático (teclados de piano) com botões no lugar dos teclados e com 120 baixos, foi o primeiro instrumento deste tipo que chegou no Brasil;
  • O acordeão diatônico, por sua vez, é chamado de gaita-ponto, gaita botoneira, gaita de botão ou simplesmente botoneira, muito utilizado no Sul do país;
  • Sanfona de oito baixos, o menor de todos e considerado o mais difícil de tocar devido a diferença de sonorização ao abrir e fechar o fole que leva a uma combinação de sons maravilhosamente única. Também chamada de Pé de bode e fole de oito baixos no Nordeste;
  • Bandoneon, muito conhecida dos argentinos para tocar El Tango.

 

No Nordeste, desde o início do século XX, mais precisamente com a construção da malha ferroviária brasileira pelos ingleses, deu-se início a um novo ritmo, o forró (festa for all), tocada por sanfoneiros que juntamente com o triângulo e a zabumba formam um trio que substitui uma orquestra de mais de vinte componentes, animando e tocando noite a dentro até amanhecer o dia. Um bom sanfoneiro toca um pouco de todos os ritmos, por isso a sanfona é chamada orquestra do Nordeste, faz a festa sozinha.

Deixe um Comentário